Usuário
Senha

Blog

Até um tempo atrás as formas para decorar e personalizar paredes se resumiam em pinturas e revestimentos mais trabalhosos, hoje com os papéis de parede é possivel criar, renovar e decorar ambientes de qualquer cômodo da casa com uma imensa gama de opções.

A utilização de papel de parede para decoração surgiu na China, confeccionados com palha e arroz, evoluindo para o pergaminho vegetal, com pinturas feitas por artesões, e posteriosmente foram criados grandes carimbos que imprimiam os desenhos em sequencia em tiras que eram coladas nas paredes.

Hoje o processo é pratico, e em um dia você pode deixar qualquer espaço da sua casa com seu jeito e sua personalizade, através de cores, tons, desenhos e estilos diferentes.

Para decorar a cozinha com papel de parede deve ter em atenção à humidade e sujeira, pelo que o melhor é escolher papel de parede em vinil, pois é um material mais resistente e fácil de limpar, o que o torna especialmente útil para áreas difíceis.


Nos séculos XVI e XVII a Europa passa ter mais contato com a China e o Papel de Parede passa a ser utilizado pelos europeus para, inicialmente, decorar parte das paredes em substituição as telas e tapeçarias. É nesta época que ele passa a ser utilizado como border decorativo, contornando portas e janelas. Após sua introdução na Europa sabe-se que em 1630 aparece a primeira fábrica de Papel, o Papel-Toutisses (Papel Flocado) na cidade de Roven – França. Em 1634 a Inglaterra inicia a produção em Cambridge. Os primeiros papéis já impressos aparecem na França em 1638. Os impressos e com relevos moldados em chapas de cobre são produzidos em 1700 na Alemanha. Em 1750 são impressos na inglaterra os primeiros papéis multicoloridos. Em 1770, instala-se em Paris uma fábrica de papéis pintados e flocados, com o sucesso alcançado pelo novo produto já em 1783 a indústria Manufatura Real empregava 400 artesãos. Em 1870 Juan Zuber instala na cidade de Rixheim uma fábrica de Papéis de Parede que funcionou ativamente até 1939. Nesta unidade foram aperfeiçoadas as técnicas de impressão com corantes, mas o grande marco foi o lançamento do primeiro rolo com mais de 4 metros lineares de papel pronto para uso.

No Brasil a introdução do Papel de Parede aparece com a forte imigração europeia no final do século passado. Até 1930 ocorreu um pequeno consumo deste produto através das importações. Em função dos altos custos para trazer o produto para o Brasil, o Papel como Revestimento de Paredes foi esquecido. Por volta de 1960, com a modernização dos processos de produção, redução dos custos e consequentemente a popularização do revestimento como alternativa para decorar as paredes, amplia-se consideravelmente o consumo do produto na Europa, Estados Unidos, parte da América Latina e Brasil.

fonte: http://gq.globo.com/

NA DÚVIDA, MELHOR COLOCAR NO REFRIGERADOR PARA EVITAR QUE ESTRAGUE, CERTO? ERRADO. FIZEMOS UMA LISTA DE COMIDAS BASTANTE COMUNS QUE DEVEM FICAR NA DESPENSA

 

O que isto está fazendo dentro da geladeira?! Se você mora sozinho, é solteiro e nunca ninguém te ensinou o que deve e o que não deve ser refrigerado, esta é uma pergunta que você provavelmente já ouviu – como se fosse óbvio que tomates não devem ser guardados na geladeira. O quê?! Não, não devem. Eis uma lista de 11 alimentos básicos, usados várias vezes no dia a dia do brasileiro, que devem ficar na despensa.

 

Tomate (Foto: Getty Images)

 

1. Tomates

É um dos alimentos que mais vai parar na geladeira incorretamente. A refrigeração faz com que esta fruta (você já sabia que não é um legume, não é?) se deteriore mais rapidamente e perca o sabor natural. Tomates devem ser colocados na fruteira com a cabeça para baixo.

 

Cebola (Foto: Getty Images)

 

2. Cebola

As cebolas precisam de ventilação. O interior úmido da geladeira faz com que estraguem rapidamente, então é melhor mantê-las na despensa. E outro detalhe importante: deixe-as longe das batatas, caso contrário elas irão apodrecer mais rapidamente.

 

Alho e batatas (Foto: Getty Images)

 

3. Alho

O alho também precisa de ventilação. Além do quê, a geladeira pode tirar um pouco do sabor e causar mofo. Guarde-o solto, em ar fresco, e o alho vai durar dois meses tranquilamente. Quando estiver picado, pode ir para a geladeira, mas coma-o assim que possível.

 

4. Batatas

Comuns, doces ou similares, batatas não devem ser colocadas na geladeira porque o amido se transforma em açúcar e muda não só o sabor, mas a cor e a textura. Um local fresco, arejado e escuro é ideal, como um saco de papel aberto dentro da despensa.

Dedo de moça (Foto: Divulgação)

 

5. Pimenta

Aberto ou fechado, o vidrinho de pimenta em conserva tem que ficar fora do refrigerador. É um alimento que dura até três anos sem porque possui ingredientes que o conservam, como vinagre e azeite.

 

6. Café

Café é um excelente estimulante e promove a acuidade cerebral, além de ter efeito antioxidante que mantém a saúde do cérebro (Foto: Reprodução)

 

O café em pó deve ser colocado em recipientes hermeticamente fechados (que não entrem ar) dentro da despensa. A geladeira cria condensação, que afeta o sabor. O coador de café, sim, pode ser colocado no refrigerador, como muitos costumam fazer.

pão (Foto: Thinkstock)

 

7. Pão

Coma-o na hora ou em até quatro dias, mas não guardado na geladeira, porque a refrigeração o resseca mais rapidamente. O refrigerador não pode ser usado, mas o congelador, para preservar aqueles pães que não serão comidos em quatro dias, é uma opção.

Mel  (Foto: Thinkstock)

 

8. Mel

Colocar o mel na geladeira vai engrossá-lo e cristalizá-lo. É um alimento totalmente natural que praticamente não estraga. Você já viu colméias de abelhas com refrigerador? Pois é.

 

9. Melões e melancias

Pesquisas recentes descobriram que deixar essas frutas em temperatura ambiente ajuda a manter antioxidantes intactos. Depois de cortadas, vão para a geladeira por até quatro dias.


Óleo de oliva ajuda a retardar o envelhecimento do cérebro (Foto: Reprodução)


 

10. Óleo

É improvável, mas é melhor avisar: óleos ficam espessos e turvos quando armazenados no refrigerador. Os únicos que vão dentro dele são os óleos de nozes. O resto, fora!

 

Manjericão: amplamente utilizada nas culinárias italiana e tailândesa, a erva ajuda a diminuir a ansiedade e curar infecções bacterianas na pele. Estudos sugerem que o manjericão tem papel antioxidante, antiinflamatório e analgésico (Foto: Divulgação)

 

11. Manjericão

Baixas temperaturas não são recomendadas. O manjericão deve ser lavado, seco, seus caules cortados em diagonais e mantido em um copo com água coberto com um saquinho.

DV9 Soluções Digitais

DV9 Soluções Digitais

Atendimento
(32) 3532-3930(32) 3532-8677E-mail: contato@redeminasnet.com.br
Endereço
Avelino Otoni, 60A • B. Industrial
Ubá - Minas Gerais • CEP 36500-000
© 2015 - Rede Minas
Saying this sucks, that sucks etc I hope you won take these replica watches too harshly as they are constructive and come from a good, caring place. A good replica in comparison to others but jesus christ dude the entire thing is a fkn disgrace. They say you can tell a lot about a man by the wristwatch he wears. 2017 replica watches is introducing a new replica watches that comes in a platinum case and a gorgeous black grand feu enamel dial. Swiss watches store had to re double their efforts to entice the same retail rolex replica who once unloaded in front of boutiques in droves. In the past, those efforts have been subtle. Now, intent aside, before you draw your own conclusions about the aesthetic of this replica watches sale based on the dial alone. The time only display is finished with a skeletonized, white gold handset, so as to disrupt the fake rolex sale that one were staring down upon.